Yayoi Kusama

Atualizado: 12 de Mar de 2018


Yayoi Kusama é uma artista plástica japonesa, mundialmente conhecida por seus trabalhos com pontos e bolinhas. Nascida em 1929, iniciou seu trabalho no Japão, mas, na década de 50, mudou-se para Nova York, buscando mais liberdade de criação e maior reconhecimento. Seu trabalho mistura diversas técnicas, como pintura, colagens, esculturas, bem como performances e instalações. A artista cria intuitivamente, num trabalho totalmente autoral, único e sensorial e, segundo ela própria, ele é a expressão de sua vida, suas visões e sua forma de enxergar e perceber o mundo. Yayoi sofre de esquizofrenia desde a infância e encontrou na arte a forma de manter sua sanidade. Mesmo convivendo com alucinações e imagens distorcidas, seu trabalho é leve , alegre e cheio de cores. A doença a fez retornar para o Japão na década de 70, onde tomou a decisão de viver em um hospital, próximo ao seu ateliê.

Em 2012 Yayoi fez uma parceria com a Louis Vuitton, com uma série de intervenções nos produtos da marca, e as bolinhas tomaram conta das vitrines da grife ao redor do mundo. Em 2014, a artista foi considerada a mais popular do mundo pela revista britânica The Art Newspaper. Suas obras estão espalhadas pelo mundo, inclusive aqui no Brasil, no Instituto Inhotim em Minas Gerais, onde podemos encontrar a obra "Narcissus Garden"- uma versão da instalação feita para a Bienal de Veneza de 1966.

Há algum tempo a artista começou um novo projeto: a construção de um museu próprio na cidade de Tóquio. Depois de anos de expectativa, a inauguração do museu foi divulgada e está marcada para o dia 01 de outubro. A exposição de abertura chama-se Creation is a Solitary Pursuit, Love is What Brings You Closer to Art (A criação é uma busca solitária, o amor é o que o aproxima da arte), fica em exibição até fevereiro de 2018 e já está com seus ingressos a venda! Querendo viajar para o Japão em 3, 2, 1!






  • Branca Ícone Pinterest
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

©Vanessa Zottis - Todos os direitos reservados.